quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Minipéia

(Alexandre Lessa)

Nascemos
Vivemos
Morremos

De um sebinho
À vida.
De uma vida
A adubo.

Da fétida gênese
Às pútridas histórias.
No final...
Bosta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário