sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Escritores de domingo

Li o livro "A Idade da Razão", de Sartre, tempos atrás, e o termo "escritores de domingo" ficou na minha cabeça. No dia 19 de agosto deste ano criei o blog com este nome "Escritores de Domingo", pois achei interessante a ideia de que, alguns escritores como eu, são realmente isso, "Escritores de Domingo". Fazendo uma pesquisa no google, procurava maneiras de fazer meu blog se tornar mais visível nas pesquisas do google, até agora não encontrei esta fórmula mágica, achei esta postagem, encontrada no endereço:

http://antologianiilista.blogspot.com/2011/02/escritores-de-domingo.html

Gostei de relembrar da gênese do nome do meu blog, embora não tenha apreciado muito a leitura de "A Idade da Razão". A única coisa que tirei de proveito foi saber dos "Pintores de Domingo", e dos "Escritores de Domingo".

Escritores de domingo

"-- Foi esse Gauguin que fugiu? -- perguntou repentinamente Ivich.
-- Sim -- disse Mathieu com solicitude. -- Quer que lhe conte a história?
-- Acho que a conheço: era casado, tinha filhos, não é isso?
-- É! Trabalhava num banco e no domingo ia para o campo com seu cavalete e seus pinceis. Era o que chamamos 'um pintor de domingo'.
-- Pintor de domingo?
-- Sim. A princípio era isso. Um amador que borra telas no domingo, assim como a gente vai pescar. Mas por higiene, compreende, porque a gente pinta ao ar livre, respirando o ar puro.
Ivich pôs-se a rir, mas não com a expressão que Mathieu esperava.
-- Acha engraçado que ele tenha começado como pintor de domingo? -- indagou Mathieu inquieto.
-- Não, não era nele que pensava.
-- Em que então?
-- Eu estava pensando se a gente podia falar também em escritor de domingo.
Escritores de domingo! pequenos burgueses que escreviam anualmente um conto, ou cinco ou seis poemas, para pôr um pouco de ideal na vida. Por higiene. Mathieu estremeceu."

(Sartre, A idade da Razão)

Então é isso que somos: escritores de domingo. Um pouco menos regulares, talvez: passando por períodos de maior ou menor inquietação que fazem os domingos aparecerem mais ou menos do que uma vez por semana; mas, ainda assim, escrevendo por esse mesmo motivo: por higiene.

Nenhum comentário:

Postar um comentário