terça-feira, 7 de abril de 2015

Sobre os livros que li - O Cavaleiro Inexistente

Li recentemente O Cavaleiro Inexistente, de Italo Calvino. Me pareceu que esta história queria questionar a todo instante o que era ou não real. Evidentemente havia humor em como foi estruturada.

Um cavaleiro que não possuía um corpo sob a armadura, e que talvez fosse melhor cavaleiro que todos os demais. Um louco sem nome, posto que na multidão de nomes que possuía era como se não tivesse nome algum, que existia mas não se dava conta disso. Uma mulher que desprezava os homens que eram de carne e osso correndo atrás do homem que não existia.

Mais do que nunca antes nós precisamos de uma identidade que parece nos escapar, principalmente quando precisamos responder a pergunta sobre quem nós somos.

Me parece que Calvino sabia que a modernidade acentuaria ainda mais esse sentimento de estar perdido quando a questão é dizer quem realmente somos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário