segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Auto-Oficina Literária - A Crença Na Literatura

No dia em que qualquer escritor concluir que domina sua arte ele não mais será um artista, será um operário, ou no máximo, um artesão. Ele perderá a magia de não saber o que há por trás da cortina da página em branco. Concluirá, também, que não precisa mais esforçar-se para alcançar o cume, pois já está nele.
Desconfio que por mais experiente que um escritor seja, nunca conseguirá dominar todas as manhas da literatura. Ela é uma mulher, e como tal, é mais imprevisível do que possa parecer, e mesmo para os que a dominam, é só uma questão de um deslize mínimo para que ela venha a escapar por entre os dedos.
Sendo assim, a crença na literatura é o que basta, e é o que importa realmente, dominá-la não é a coisa mais importante, e sim, compactuar com ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário